constelação familiar (28) frustração (26) alegria (20) Bert Hellinger (18) amor (15) família (14) doença (11) casamento (10) constelação (9) confusão (8) dinheiro (8) separação (8) tristeza (8) felicidade (7) problemas (7) relacionamento (7) consequência (6) morte (6) depressão masculina (5) filhos (5) sucesso (5) depressão (4) desgaste (4) familiar (4) gravidez (4) sistemica (4) trabalho (4) amor fraternal (3) crianças (3) desordem (3) dor (3) equilíbrio (3) excesso (3) medicina (3) mudança (3) mulher (3) riqueza (3) sintomas (3) solidão (3) traumas (3) adolescente (2) alzheimer (2) casal (2) constatação (2) cuidado (2) dificuldades na leitura fala e aprendizado (2) emprego (2) espirros (2) exame (2) fome (2) gasto (2) monstros (2) mãe (2) médico (2) profissão (2) saúde (2) sobrevivência (2) suicídio (2) tosse (2) 10 cartórios (1) Joel Aleixo (1) abandono (1) acidente (1) alcoolismo (1) alcoólatra (1) apetite insaciável (1) autoconhecimento (1) barriga (1) bebê (1) beleza (1) cabelo (1) cabeça (1) cancer (1) carência (1) certidão (1) chapinha (1) cidadania (1) crise (1) cromossomo (1) dengue (1) descobertas (1) descontrole (1) descuido (1) desemprego (1) detran (1) dia-a-dia (1) diarréia (1) dificuldade (1) dor nas costas (1) dúvida (1) empresa (1) esterelidade masculina (1) estresse (1) estética (1) exercício (1) fidelidade (1) florais (1) gripe suína (1) guerra (1) habilitação (1) homem (1) idoso (1) independência (1) irmãos (1) irmãs (1) juventude (1) klinefelter (1) livro (1) mal estar (1) mamografia (1) mentira (1) mioma (1) mosquito (1) mãe solteira (1) namoro (1) noivado (1) novidade (1) odiar os homens (1) paciente (1) poder judiciário (1) poupatempo (1) progressiva (1) pênis (1) remédio (1) representante (1) segredo (1) seios (1) síndrome (1) tarot (1) teimosia (1) teste (1) vacina (1) verme (1) violência (1) visual (1) água (1) ética (1) útero (1)

Você sabe para que serve?

Se você tem um problema de saúde você sabe qual médico procurar? Aqui está uma lista para auxiliá-lo:

Fonte: Wikipédia (com pequenas alterações)

"Especialidades médicas reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), Associação Médica Brasileira (AMB) e Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

1. Acupuntura: é um ramo da Medicina tradicional chinesa e um método de tratamento chamado complementar de acordo com a nova terminologia da OMS - Organização Mundial da Saúde.

2. Alergia e imunologia: diagnóstico e tratamento das doenças alérgicas e do sistema imunológico.

3. Anestesiologia: estudo da dor e anestesia.

4. Angiologia: é a área da medicina que estuda o tratamento das doenças do aparelho circulatório.

5. Cancerologia ou Oncologia: é a especialidade que estuda os tumores malignos ou câncer.

6. Cardiologia: estudo das doenças relacionadas com o coração.

7. Cirurgia cardiovascular: subespecialidade médica que se ocupa do tratamento cirúrgico das doenças que acometem o coração.

8. Cirurgia de cabeça e pescoço: prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação das patologias que acometem tecidos moles na região da cabeça e pescoço.

9. Cirurgia do aparelho digestivo: atua na cirurgia dos órgãos do aparelho digestivo, como o esôfago, estômago, intestinos, fígado e vias biliares, e pâncreas.

10. Cirurgia geral: é a área que engloba todas as áreas cirúrgicas, sendo também subdividida.

11. Cirurgia pediátrica: tratamento cirúrgico de doenças que acomentem indivíduos desde o período da vida fetal até o início da idade adulta.

12. Cirurgia plástica: tem por objetivo a reconstituição de uma parte do corpo humano por razões médicas ou estéticas.

13. Cirurgia torácica: atua na cirurgia dos pulmões.

14. Cirurgia vascular: tratamento cirúrgico de doenças das artérias, veias e vasos linfáticos. Atua junto à Angiologia, especialidade responsável pelo estudo clínico dessas doenças.

15. Clínica médica (Medicina interna) : é a área que engloba todas as áreas não cirurgicas, sendo subdividida em várias outras especialidades.

16. Coloproctologia: é a parte da medicina que estuda e trata os problemas do Intestino Grosso (cólon), sigmóide e doenças do reto, canal anal e ânus.

17. Dermatologia: é o estudo da pele e suas doenças.

18. Endocrinologia: é o tratamento das glândulas.

19. Gastroenterologia: é o tratamento do aparelho digestivo.

20. Genética médica: é o estudo dos genes e de seu papel na herança das características paternais e maternais pela prole. A grande questão da genética nos dias de hoje e da medicina em geral são as células tronco e a clonagem humana.

21. Geriatria: é o estudo das doenças do idoso.

22. Ginecologia: trata de doenças do sistema reprodutor feminino (útero, vagina e ovários). Quase todos ginecologistas atuais são também obstetras;

22.1. Obstetrícia: Investiga a gestação, o parto e o puerpério nos seus aspectos fisiológicos e patológicos. O obstetra é o médico especialista que cuida do desenvolvimento do feto, além de prestar assistência à mulher nos períodos da gravidez e pós-parto (puerpério).

23. Hematologia e hemoterapia: é o estudo dos elementos figurados do sangue (hemácias, leucócitos, plaquetas) e da produção desses elementos nos órgãos hematopoiéticos (medula óssea, baço, linfonódos).

24. Homeopatia: é a prática médica baseada na Lei dos Semelhantes.

25. Infectologia: estudo das doenças causada por microrganismos, sejam eles bactérias, vírus, protozoários, helmintos entre outros. A infectologia tem três áreas de atuação: Infectologia hospitalar, infectologia pediátrica e medicina de viagem. O infectologista atua na prevenção primária (educação em saúde, vacinação ect.) e na prevenção secundária (tratamento de doenças infeciosas e prevenção de incapacidade causadas por estas doenças). O foco do infectologista é na prevenção de doenças ou agravos ocasionados por agentes infecciosos e animais peçonhentos.

26. Mastologia: dedica-se ao estudo das glândulas mamárias.

27. Medicina de família e comunidade: é a área da medicina que se propõe a estudar o indivíduo enquanto ser inserido num contexto familiar e comunitário, buscando entender como este indivíduo se relaciona com estes grupos sociais e estudando as doenças que o acometem através deste prisma. Trabalha preferencialmente com atividades de prevenção.

28. Medicina do trabalho: trata das patologias causadas pelo trabalho ou com este relacionadas.

29. Medicina do tráfego: ramo da ciência médica que trata da manutenção do bem estar físico, psíquico e social do ser humano que se desloca, qualquer que seja o meio que propicie a sua mobilidade, cuidando também das interações deste deslocamento e dos mecanismos que o propiciam com o homem, visando ao equilíbrio ecológico.

30. Medicina esportiva: é uma especialidade médica que se ocupa do cuidado físico de atletas.

31. Medicina Física e de Reabilitação ou Fisiatria: é uma especialidade médica que se ocupa do diagnóstico e terapêutica de diferentes entidades tais como patologias traumáticas do sistema nervoso central e periférico, orto-traumatológica, cardio-respiratória, reumatológica, vascular periférica, pediátrica entre outras. A Medicina Física e de Reabilitação aplica diferentes estratégias terapêuticas que vão prevenir ou reduzir as múltiplas consequências clínicas, doenças agudas e crônicas, no âmbito das deficiências das incapacidades e das desvantagens. Pode-se dizer que o Fisiatra é o Clínico do deficiente, pois ele cuida de todos os aspectos do tratamento, desde a prevenção de complicações inerentes às diversas patologias que o atingem, ao tratamento das porventura já existentes, à minimização e recuperação das sequelas supervenientes, levando o paciente ao estado de melhor funcionalidade possível, visando sua independência de terceiros para as atividades diárias e qualidade de vida. Esta atuação se dá tanto no aspecto clínico quanto no emocional do paciente.

32. Medicina intensiva: é o ramo da medicina que se ocupa dos cuidados dos doentes graves ou instáveis, que emprega maior número de recursos tecnológicos e humanos no tratamento de doenças ou complicações de doenças, congregando conhecimento da maioria das especialidades médicas e outras áreas de saúde.

33. Medicina legal ou Medicina Forense: é a especialidade que aplica os conhecimentos médicos aos interesses da Justiça, na elaboração de leis e na adequada caracterização dos fenômenos biológicos que possam interessar às autoridades no sentido da aplicação das leis. Assim, a Medicina Legal caracteriza a lesão corporal, a morte (sua causa, o momento em que ocorreu, que agente a produziu), a embriaguez pelo álcool ou pelas demais drogas, a violência sexual de qualquer natureza, etc.

34. Medicina nuclear: é o estudo imagiológico ou terapia pelo uso de radiofármacos.

35. Medicina preventiva e social: se dedica à prevenção da doença ao invés de seu tratamento.

36. Nefrologia: é a parte da medicina que estuda e trata clinicamente as patologias do rim, como insuficiência renal.

37. Neurocirurgia: atua no tratamento de patologias do sistema nervoso central e periférico passíveis de abordagem cirúrgica.

38. Neurologia: é a parte da medicina que estuda e trata o sistema nervoso.

39. Nutrologia: se dedica ao diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças do comportamento alimentar. Os médicos nutrólogos não devem ser confundidos com nutricionistas. No Brasil, segundo a Lei nº 8.234 de 17 de setembro DE 1.991 (DOU 18/09/1991), é privativo do nutricionista a prescrição dietética, cabendo a este profissional a prescrição dietética e educação nutricional ( em pacientes doentes ou não), e ao nutrólogo a prescrição de nutrição parenteral (na veia) em pacientes hospitalizados. Nutrólogos procuram dar orientações sobre a alimentação mais equilibrada para correção do peso e manutenção da saúde, recuperação de estados deficitários, acompanhamento de pessoas com necessidades especiais (atletas, idosos, crianças, etc.) estudando a ação biológica dos nutrientes dos alimentos. A parte da prescrição dietética, por lei, cabe ao nutricionista, profissional habilitado e com formação exclusivamente voltada para tal ato. Nessa área é de grande importância uma abordagem multidisciplinar, fazendo com que a nutrologia sempre esteja associada a outras especialidades, a exemplo da endocrinologia, gastroenterologia, medicina esportiva, nutrição, psicoterapia, educação física, fisiatria e terapia ocupacional.40. Oftalmologia: é a parte da medicina que estuda e trata os distúrbios dos olhos e suas patologias.

41. Ortopedia e traumatologia: é a parte da medicina que estuda e trata as doenças dos óssos e as fraturas.

42. Otorrinolaringologia: é a parte da medicina que estuda e trata as patologias da orelha, nariz, seios paranasais, faringe e laringe.

43. Patologia: é o estudo das doenças em geral sob aspectos determinados. Ela envolve tanto a ciência básica quando a prática clínica, e é devotada ao estudo das alterações estruturais e funcionais das células, dos tecidos e dos órgãos que estão ou podem estar sujeitos a doenças. Pelo uso de técnicas microbiológicas, imunológicas e exames moleculares, a patologia tenta explicar as razões e a localização dos sinais e sintomas manifestos pelos pacientes, enquanto fornece uma base para os cuidados clínicos e a terapia. A patologia é exercida pelo especialista em anatomia patológica, denominado patologista ou anátomo-patologista.44. Pediatria: é a parte da medicina que estuda e trata o ser em desenvolvimento.

44.1. Neonatologia: é o ramo da Pediatria que estuda e cuida dos recém-nascidos, do nascimento até os 28 dias de idade.

45. Pneumologia: é a parte da medicina que estuda e trata o sistema respiratório.

46. Psiquiatria: é a parte da medicina que previne e trata ao transtornos mentais e comportamentais.

47. Radiologia e diagnóstico por imagem: comporta desde a visão do corpo humano através de radiografias simples ou contrastadas, como também a Tomografia Axial Computadorizada.

48. Radioterapia: especialidade médica focada no tratamento oncológico utilizando radiação.

49. Reumatologia: é a especialidade médica que trata das doenças do tecido conjuntivo, articulações e doenças autoimunes. Diferente do senso comum o Reumatologista não trata somente "reumatismo".

50. Urologia: é a parte da medicina que estuda e trata cirurgicamente e clinicamente os problemas do sistema urinário"

3 comentários:

  1. Olá, Gostei e muito do blog tirou algumas duvidas. Obrigada e parabéns.Gostaria de ver fotos das especialidades dos médicos aqui.Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom!Pois irei ao médico pra semana e não sabia qual era a sua especialidade, Fiquei com medo em chega à hora e fala de algo que não tem nada a ver. Obrigada mais uma vez já está nos meus favoritos. Um abraço! Em breve enviarei um e-mail.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo1/7/10 18:17

    gostei muito desse site da para tirar mutas dvidas das pessoas!!!!!!!!!muitooo interessanteeeee adorei==D+++++++++

    ResponderExcluir

Olá!
COMENTÁRIOS ENVIADOS AO MEU E-MAIL COMO "ANÔNIMO" NÃO PODEM SER RESPONDIDOS (o sistema não identifica você, então como vou responder?)

Se você quiser uma resposta rápida, pessoal e direta, mande para curapessoal@gmail.com, e não se esqueça de colocar o seu e-mail para que eu possa responder.

POSTAGENS QUE CONTEREM NOMES DE MEDICAMENTOS SERÃO DESCARTADAS (para não conduzirem à automedicação) OU EDITADAS.

Postagens que eu considerar inapropriadas por conter nomes que comprometam terceiros serão descartadas.