constelação familiar (33) frustração (28) Bert Hellinger (21) alegria (21) amor (18) família (18) constelação (14) doença (13) casamento (11) dinheiro (9) felicidade (9) relacionamento (9) confusão (8) depressão (8) problemas (8) separação (8) tristeza (8) consequência (6) depressão masculina (6) filhos (6) morte (6) desgaste (5) desordem (5) dor (5) familiar (5) gravidez (5) sucesso (5) casal (4) crianças (4) sistemica (4) trabalho (4) alzheimer (3) amor fraternal (3) carência (3) crise (3) dificuldade (3) dificuldades na leitura fala e aprendizado (3) equilíbrio (3) excesso (3) fidelidade (3) fome (3) medicina (3) mudança (3) mulher (3) mãe (3) riqueza (3) sintomas (3) solidão (3) traumas (3) abandono (2) adolescente (2) alcoolismo (2) assassinato (2) autoconhecimento (2) cancer (2) constatação (2) cuidado (2) emprego (2) espirros (2) estresse (2) exame (2) gasto (2) mentira (2) mioma (2) monstros (2) médico (2) pais (2) perdão (2) profissão (2) saúde (2) sobrevivência (2) suicídio (2) tosse (2) 10 cartórios (1) Joel Aleixo (1) acidente (1) alcoólatra (1) apetite insaciável (1) barriga (1) bebê (1) beleza (1) bullying (1) cabelo (1) cabeça (1) cansaço (1) certidão (1) chapinha (1) cidadania (1) crime (1) cromossomo (1) cão (1) dengue (1) descobertas (1) descontrole (1) descuido (1) desemprego (1) detran (1) dia-a-dia (1) diarréia (1) dor nas costas (1) dúvida (1) empresa (1) esterelidade masculina (1) estética (1) exercício (1) florais (1) gato (1) gripe suína (1) guerra (1) habilitação (1) homem (1) idoso (1) independência (1) irmãos (1) irmãs (1) juventude (1) klinefelter (1) livro (1) mal estar (1) mamografia (1) mosquito (1) mãe solteira (1) namoro (1) noivado (1) novidade (1) odiar os homens (1) paciente (1) poder judiciário (1) poupatempo (1) progressiva (1) pênis (1) remédio (1) representante (1) segredo (1) seios (1) síndrome (1) tarot (1) teimosia (1) teste (1) tragédia (1) traição (1) vacina (1) verme (1) violência (1) visual (1) água (1) ética (1) útero (1)

Constelações Sistêmicas: Trigêmeas


Participei de uma constelação familiar cuja questão era sentir-se deslocada, sentir-se rejeitada. A cliente colocou representantes para ela, seu pai e sua mãe.


Imediatamente, a representante da cliente olhava para o chão, com os braços direcionados para baixo. Entrei na constelação e foi pedido que eu deitasse no chão, na frente dela, sem saber quem eu representava. A representante olhou para mim, mas eu sentia que ainda faltava alguém do meu lado, grudada. Foi colocada outra pessoa, e assim que ela se deitou, demos os braços e a representante da cliente deitou-se ao meu lado, dando o braço para mim, ficando as três muito unidas. Mas eu não esboçava nenhum sentimento, apenas a olhava nos olhos. No trabalho das constelações familiares, dar os braços unindo-se geralmente significa, dentro de um contexto específico, gêmeos - neste caso, éramos trigêmeas.
O facilitador pediu que a representante da cliente dissesse "eu sobrevivi, mas sinto vergonha por isso". E detalhe, quando eu e a outra representante se deitou ao meu lado, a cliente começou a chorar sem saber o que tudo aquilo significava.

A representante da cliente sorria para nós, disse outras frases de cura e levantou-se para ver os pais. Abraçou-os, e a cliente entrou no lugar da representante. Ela, muito emocionada, ficou alguns minutos com os pais e depois veio para perto de nós duas, para nos olhar nos olhos e sentir suas irmãs que não sobreviveram. A cliente conta que a mãe sempre contou a história de que ela quase morreu quando grávida porque teve uma hemorragia muito grave e quase perdeu o bebê.

Uma bonita história de reconciliação com seu sentimento de culpa por ter sobrevivido - mesmo sem ter ideia disso. Era visível o sorriso aberto da cliente depois da constelação, e ela ainda disse que pela primeira vez conseguia respirar livremente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
COMENTÁRIOS ENVIADOS AO MEU E-MAIL COMO "ANÔNIMO" NÃO PODEM SER RESPONDIDOS (o sistema não identifica você, então como vou responder?)

Se você quiser uma resposta rápida, pessoal e direta, mande para curapessoal@gmail.com, e não se esqueça de colocar o seu e-mail para que eu possa responder.

POSTAGENS QUE CONTEREM NOMES DE MEDICAMENTOS SERÃO DESCARTADAS (para não conduzirem à automedicação) OU EDITADAS.

Postagens que eu considerar inapropriadas por conter nomes que comprometam terceiros serão descartadas.