constelação familiar (33) frustração (28) Bert Hellinger (21) alegria (21) amor (18) família (18) constelação (14) doença (13) casamento (11) dinheiro (9) felicidade (9) relacionamento (9) confusão (8) depressão (8) problemas (8) separação (8) tristeza (8) consequência (6) depressão masculina (6) filhos (6) morte (6) desgaste (5) desordem (5) dor (5) familiar (5) gravidez (5) sucesso (5) casal (4) crianças (4) sistemica (4) trabalho (4) alzheimer (3) amor fraternal (3) carência (3) crise (3) dificuldade (3) dificuldades na leitura fala e aprendizado (3) equilíbrio (3) excesso (3) fidelidade (3) fome (3) medicina (3) mudança (3) mulher (3) mãe (3) riqueza (3) sintomas (3) solidão (3) traumas (3) abandono (2) adolescente (2) alcoolismo (2) assassinato (2) autoconhecimento (2) cancer (2) constatação (2) cuidado (2) emprego (2) espirros (2) estresse (2) exame (2) gasto (2) mentira (2) mioma (2) monstros (2) médico (2) pais (2) perdão (2) profissão (2) saúde (2) sobrevivência (2) suicídio (2) tosse (2) 10 cartórios (1) Joel Aleixo (1) acidente (1) alcoólatra (1) apetite insaciável (1) barriga (1) bebê (1) beleza (1) bullying (1) cabelo (1) cabeça (1) cansaço (1) certidão (1) chapinha (1) cidadania (1) crime (1) cromossomo (1) cão (1) dengue (1) descobertas (1) descontrole (1) descuido (1) desemprego (1) detran (1) dia-a-dia (1) diarréia (1) dor nas costas (1) dúvida (1) empresa (1) esterelidade masculina (1) estética (1) exercício (1) florais (1) gato (1) gripe suína (1) guerra (1) habilitação (1) homem (1) idoso (1) independência (1) irmãos (1) irmãs (1) juventude (1) klinefelter (1) livro (1) mal estar (1) mamografia (1) mosquito (1) mãe solteira (1) namoro (1) noivado (1) novidade (1) odiar os homens (1) paciente (1) poder judiciário (1) poupatempo (1) progressiva (1) pênis (1) remédio (1) representante (1) segredo (1) seios (1) síndrome (1) tarot (1) teimosia (1) teste (1) tragédia (1) traição (1) vacina (1) verme (1) violência (1) visual (1) água (1) ética (1) útero (1)

Depoimento de Anne, publicitária, 27 anos

"Sempre apresentei muita dificuldade em manter-me estável principalmente nos aspectos financeiros, profissionais e afetivos. Troquei de área profissional, não ficava muito tempo em nenhum lugar. Vivia uma sensação de eterna insatisfação, muito forte, que se refletia em muitos aspectos da minha vida. Tinha a necessidade de estar sempre rodeada de pessoas, mesmo que elas me prejudicassem. Muitas vezes falava algumas coisas que não refletiam os meus pensamentos e nem a minha personalidade, usava uma máscara agressiva para disfarçar a minha sensibilidade, que eu via como defeito. Vim de Porto Alegre para São Paulo há 3 anos e parecia que a roda era quadrada e que nada engrenava.

Quando comecei a terapia com os Florais Joel Aleixo em dezembro de 2008, a primeira mudança foi na parte financeira; consegui organizar e até guardar dinheiro, e apesar de ter sido demitida da empresa em que trabalhava fiquei apenas 15 dias desempregada, na chamada "época de crise". Fui avançando no tratamento e comecei a trabalhar meu lado feminino e masculino e consegui perceber as nuances de relacionamento entre homens e mulheres, bem como entender algumas questões da educação que recebi dos meus pais, além de resolver muitos conflitos de relacionamento.

Tive melhora inclusive na parte física: minha imunidade ficou mais alta, as crises de infecção urinária cessaram, amigdalites e herpes que eu tinha a cada 4 meses quase acabaram. As cefaléias recorrentes da tensão diária também melhoraram muito e as dores articulares nos joelhos praticamente sumiram.

O grande acontecimento foi quando consegui morar sozinha. Procurei quase incansavelmente, por meses, um apartamento que estivesse dentro das minhas expectativas de localização, benefícios e, o mais importante de tudo, na faixa de preço desejada. Consegui um lar inacreditável e muito além das minhas expectativas.

Indiquei para alguns amigos a terapia com os Florais Joel Aleixo, pois tenho certeza que modifica a vida."

Anne Caroline, 27 anos, publicitária

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
COMENTÁRIOS ENVIADOS AO MEU E-MAIL COMO "ANÔNIMO" NÃO PODEM SER RESPONDIDOS (o sistema não identifica você, então como vou responder?)

Se você quiser uma resposta rápida, pessoal e direta, mande para curapessoal@gmail.com, e não se esqueça de colocar o seu e-mail para que eu possa responder.

POSTAGENS QUE CONTEREM NOMES DE MEDICAMENTOS SERÃO DESCARTADAS (para não conduzirem à automedicação) OU EDITADAS.

Postagens que eu considerar inapropriadas por conter nomes que comprometam terceiros serão descartadas.