constelação familiar (33) frustração (28) Bert Hellinger (21) alegria (21) amor (18) família (18) constelação (14) doença (13) casamento (11) dinheiro (9) felicidade (9) relacionamento (9) confusão (8) depressão (8) problemas (8) separação (8) tristeza (8) consequência (6) depressão masculina (6) filhos (6) morte (6) desgaste (5) desordem (5) dor (5) familiar (5) gravidez (5) sucesso (5) casal (4) crianças (4) sistemica (4) trabalho (4) alzheimer (3) amor fraternal (3) carência (3) crise (3) dificuldade (3) dificuldades na leitura fala e aprendizado (3) equilíbrio (3) excesso (3) fidelidade (3) fome (3) medicina (3) mudança (3) mulher (3) mãe (3) riqueza (3) sintomas (3) solidão (3) traumas (3) abandono (2) adolescente (2) alcoolismo (2) assassinato (2) autoconhecimento (2) cancer (2) constatação (2) cuidado (2) emprego (2) espirros (2) estresse (2) exame (2) gasto (2) mentira (2) mioma (2) monstros (2) médico (2) pais (2) perdão (2) profissão (2) saúde (2) sobrevivência (2) suicídio (2) tosse (2) 10 cartórios (1) Joel Aleixo (1) acidente (1) alcoólatra (1) apetite insaciável (1) barriga (1) bebê (1) beleza (1) bullying (1) cabelo (1) cabeça (1) cansaço (1) certidão (1) chapinha (1) cidadania (1) crime (1) cromossomo (1) cão (1) dengue (1) descobertas (1) descontrole (1) descuido (1) desemprego (1) detran (1) dia-a-dia (1) diarréia (1) dor nas costas (1) dúvida (1) empresa (1) esterelidade masculina (1) estética (1) exercício (1) florais (1) gato (1) gripe suína (1) guerra (1) habilitação (1) homem (1) idoso (1) independência (1) irmãos (1) irmãs (1) juventude (1) klinefelter (1) livro (1) mal estar (1) mamografia (1) mosquito (1) mãe solteira (1) namoro (1) noivado (1) novidade (1) odiar os homens (1) paciente (1) poder judiciário (1) poupatempo (1) progressiva (1) pênis (1) remédio (1) representante (1) segredo (1) seios (1) síndrome (1) tarot (1) teimosia (1) teste (1) tragédia (1) traição (1) vacina (1) verme (1) violência (1) visual (1) água (1) ética (1) útero (1)

Depoimento de Mari, 20 anos

"Quando decidi iniciar meu tratamento com os Florais Joel Aleixo foi por pura curiosidade. Minha mãe o fazia, e eu queria entender como é que algumas gotinhas interferiram tanto, não apenas na personalidade dela, mas em nossa convivência. Não costumo dizer que acredito numa coisa ou não antes de saber do que se trata, então fui ver como era. Eu não sabia bem se os Florais Joel Aleixo fariam algo por mim, mas a Cristina me parecia bem agradável e esclarecida. Pensei que bater um papo não me faria mal nenhum.

Na primeira semana, eu constatei que os florais eram uma coisa séria. Fiquei extremamente chorona e notei que o meu corpo estava expulsando de todas as formas todo tipo de intoxicação. Achei isso terrível inicialmente, mas depois percebi que cada vez que eu mudava o floral, me "livrava" de um probleminha ou lidava melhor com ele. Tive alguns sonhos diretamente ligados aos florais que eu tomava, senti necessidade de mudar em muitos aspectos e passei a enxergar algumas coisas de forma mais clara.

Há quem diga que nenhum tratamento exerce poder mágico sobre nossa vida, mas eu acredito que esse teve. Ele não me enriqueceu, nem trouxe o homem amado em sete dias, mas me ajudou a encontrar as ferramentas certas em mim, para que eu conquistasse estas coisas. Eu estou só no começo, ainda tenho muitos vidrinhos para colecionar, e muitas questões existenciais pra contar para a Cristina. Mas acho que dei passos mais largos com a ajuda desses florais. Hoje, eu quero que todo mundo faça o tratamento também. Acho a parceria da Cris com o Joel Aleixo genial, e sou muito grata aos dois por todas as coisas boas que eu tenho recebido. Hoje eu já sei que não são só gotinhas."

Mari* (pseudônimo), quase 20 anos, descobrindo a vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
COMENTÁRIOS ENVIADOS AO MEU E-MAIL COMO "ANÔNIMO" NÃO PODEM SER RESPONDIDOS (o sistema não identifica você, então como vou responder?)

Se você quiser uma resposta rápida, pessoal e direta, mande para curapessoal@gmail.com, e não se esqueça de colocar o seu e-mail para que eu possa responder.

POSTAGENS QUE CONTEREM NOMES DE MEDICAMENTOS SERÃO DESCARTADAS (para não conduzirem à automedicação) OU EDITADAS.

Postagens que eu considerar inapropriadas por conter nomes que comprometam terceiros serão descartadas.